9.8.14

AMOR É GESTO.











O amor, longe de ser objeto de ensino teórico,
É sobremodo, objeto do exemplo.
É amando que se ensina a amar. 
Porquanto, amor não é palavra.
Amor é gesto, atitude.
Amor não é uma teoria. Amor é ação.
Amor não uma fórmula matemática.
Amor é amor... E é amando que se ama
Quem deseja inspirar amor, deve falar menos e amar mais.
Porque sobre o amor, aquele que muito - apenas - fala, nada sabe...
Mas aquele que sabe, porque sabe amando,
Uma vez que não existe outra maneira
De saber sobre o amor, se não amando,
Esse nada fala, porque não existe necessidade de palavras
Onde existem gestos de amor... Uma vez que a prática do amor
É a própria linguagem do amor. Assim, para bem amar...
É preciso ir muito além das palavras... Porquanto, amor é gesto.
VBMello