14.9.14

Oração - Tempo de Silêncio e Reflexão...

A oração - seguida ou antecedida pelo silêncio reflexivo em Deus e nas coisas lá do alto - abre em nosso ser cativo pela muralha do tempo-espaço onde vivemos sob o peso das aflições e angústias deste mundo, sutis janelas interiores para a nossa percepção e contemplação espiritual da realidade absoluta da eternidade... É assim que, mesmo discernindo os sinais da eternidade como quem vê por enigmas através de espelhos foscos, nestes sagrados instantes de encontro interior do nada do nosso ser com a imensidão do amor do Eterno, o nosso ser, flagrado pela alegria da presença do Pai em nós, vibra em aleluias e encantamentos, enquanto o nosso coração e a nossa mente, convencidos da realidade absoluta das coisas espirituais que os nossos olhos não veem, mas que o nosso espírito discerne perfeitamente quando a nossa alma é tomada e inundada pela certeza das coisas que esperamos, nós nos fortalecemos interiormente na confiança inabalável da nossa vida eterna em Deus... Da qual nada poderá nos separar, nem acontecimentos do presente, nem acontecimentos do futuro... Pois é o Espírito Santo de Cristo quem nos segura pela mão, e nos guia no meio da escuridão do presente século...

VBMello