19.8.14

A função do ódio é uma só, destruir quem odeia...


Toda impossibilidade do espírito humano nasce da falta de amor. As possibilidades existenciais de um coração sobrecarregado de ódio são mínimas, e previsíveis. Nada é mais previsível do que um coração amargurado.

Onde faltar o amor, necessariamente faltará a espontaneidade e a criatividade da vida, restando apenas a mesmice do ódio.



Onde faltar amor o caos será mais do que previsível, porque o amor é luz que põe em ordem o caos, e cria vida.

As desavenças humanas têm no ódio a sua potência e a sua loucura. Na presença do ódio tudo que existe de pior na natureza humana aflora.

 Observe o horror que é a vida de uma pessoa sobrecarregada de ódio. Ela não consegue amar... Sim, não consegue amar, porque para o ódio é impossível amar, pois o amor exige habilidades e sutilezas que o ódio nem desconfia.

VBMello