16.5.16

Oração, fé e esperança...

Considerando que a oração e o louvor, são movimentos naturais de uma verdadeira vida de fé, pode-se dizer, sem medo de errar, que no evangelho, não existe vida de fé sem igual vida de oração e adoração.
A fé enche o nosso coração com a plenitude da graça de Deus, e a oração é o transbordar natural dessa plenitude recebida. Quanto mais o Espírito de Deus nos enche com a graça da sua presença, mais e mais, aumenta em nós, como a força de um rio subterrâneo que quer brotar na superfície de uma terra seca, a necessidade natural de transbordar essa plenitude recebida, em hinos de louvor, cânticos de gratidão e palavras de oração...
Transbordante da presença do Espírito Santo, o nosso ser inteiro se agita de alegria, na presença de Deus. Neste contexto, a oração e o louvor e tudo mais, surge, necessariamente, como resposta natural de um coração transbordante da graça de Deus, onde ondas de alegria viva, fluem do nosso interior e os nossos lábios se abrem em suaves palavras de adoração, oração e gratidão...
_VBMello