27.4.16

Limites...

Para que a alma não se perca
No caos das coisas insignificantes
E para que o coração não produza 
Apenas dores e arrependimentos
Para que a vida valha a pena
É preciso colocar limites
É preciso saber a hora
De dizer sim
E a hora
De dizer não
É preciso encontrar o tempo certo
E o bom senso, para
Dependendo das circunstâncias
Dizer: Até aqui eu vou
Daqui... eu não passo
_VBMello